Envio de tropa ao Ceará mostra que governo não distingue regiões, diz Moro

Envio de tropa ao Ceará mostra que governo não distingue regiões, diz Moro
Sérgio Moro diz que governo trata todos os estados de forma igual (Nelson Almeida/AFP)

O Ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, citou, neste sábado, 20, o envio da Força Nacional para o Ceará no início do ano como exemplo de que o governo não faz distinção entre estados do Nordeste e de outras regiões. Segundo ele, o episódio “ilustra que o Nordeste tem sido tratado sem preconceito pelo governo federal”. “Afirmações diferentes não resistem aos fatos”, completou, em seu perfil no Twitter. O presidente Jair Bolsonaro tem sido alvo de críticas após se referir de maneira jocosa aos governadores da região.

No início do ano, o Ceará viveu uma onda de violência nas cidades próximas de Fortaleza. Mais de 200 ataques criminosos foram realizados nos primeiros quinze dias do ano. O governo federal, a pedido do governador do estado, Camilo Santana (PT), enviou 300 homens da Força Nacional.

“Um testemunho: Em janeiro, na crise de segurança do Ceará, o presidente Jair Bolsonaro, primeira semana de governo, não hesitou em autorizar o envio da Força nacional e da Força de intervenção penitenciária e em disponibilizar vagas em presídios federais para as lideranças criminosas”, escreveu Moro.

 

 

*Fonte: Veja/Abril