Polícia deflagra operação para combater atos de grupos criminosos em áreas de maior incidência criminal em Manaus

Polícia deflagra operação para combater atos de grupos criminosos em áreas de maior incidência criminal em Manaus
Foto: Reprodução

O Alto Comando da Polícia Militar do Amazonas deflagrou na noite desta terça-feira (22), a nova “Ação Hexágono”, da Operação Águia. 220 policiais militares e 90 viaturas reforçam a segurança pública na capital.
A ação se estenderá pelos próximos dias sem previsão de encerramento.

O comandante geral da corporação, coronel PM Ayrton Norte e todos os Grandes Comandos participam da ação.
A estratégia visa a segurança dos cidadãos, prevenindo e reprimindo crimes contra o patrimônio e contra a vida, além de preservar e manter a ordem pública. A ação também é uma resposta aos atos de grupos criminosos.

A ação Hexágono ocorre em toda Manaus, por meio do Comando de Policiamento Metropolitano (CPM), Comando de Policiamento Especializado (CPE) e Comando de Policiamento Ambiental (CPAmb) nas áreas Norte, Sul, Leste, Oeste, Centro-Sul e Centro-Oeste. As zonas Norte e Sul estão sendo intensificadas.

O Comandante Geral, Coronel PM Ayrton Norte e o Subcomandante Geral, Coronel PM Sílvio Mouzinho, conduziram parte das tropas para a zona norte de Manaus. O Conjunto Viver Melhor, Invasão Monte Horebe e Invasão Estrela de David foram algumas da localidades que receberam a ação. Posteriormente, seguiram para zona sul da cidade, onde os bairros Morro da Liberdade, Betânia, São Francisco e adjacências foram priorizados.

Das Dezenove horas até meia noite, somente na zona norte, mais de 100 carros, 200 motocicletas e 350 pessoas já haviam sido abordadas pelas guarnições que atuavam nas áreas de maior incidência criminal. Aproximadamente, 40 motocicletas foram apreendidas e foram realizadas mais de 40 autuações. Além da apreensão de 2 armas de fogo em diferentes pontos da cidade.

Segundo o Comandante Geral, a Polícia Militar não vai retroceder. Ela vai sufocar o crime e proteger o cidadão.

Na zona norte, durante a 1° fase da operação, uma das barreiras policiais ocorreu na Rua Itaete, na entrada da feira do Mutirão.

Na abordagem a motocicletas, por volta de 21:00, um suspeito, de 25 anos, foi detido por portar um revólver .38 com munições intactas e por conduzir veículo adulterado.O referido nacional já possui restrição judicial por adulteração veicular.Ele foi apresentado no 6° DIP para as providências legais cabíveis.

Na zona Sul, por volta das 21:30h, guarnições da 3ª Cicom, ao realizarem incursão no Beco da Raquel, Petrópolis, a guarnição da VTR 6032, sob o comando do 1°SGT Elauton, abordaram um suspeito, portando um revólver calibre 38 especial, marca Taurus, com 06 (seis) munições intactas bem como diversas porções de substância supostamente entorpecente, sendo conduzido ao 1°DIP para os procedimentos cabíveis.