Roberto Gómez Bolaños, criador de Chaves e Chapolin, vai ganhar série biográfica e “universo compartilhado” na TV

Roberto Gómez Bolaños, criador de Chaves e Chapolin, vai ganhar série biográfica e “universo compartilhado” na TV
© AdoroCinema Roberto Gómez Bolaños, criador de Chaves e Chapolin, vai ganhar série biográfica e

As criações de Roberto Gómez Bolaños sobrevivem ao tempo e, agora, ultrapassam barreiras. A vida do comediante mexicano, conhecido como Chespirito, será o tema de uma série biográfica e vai inspirar todo um “universo compartilhado da TV”.

A informação (via The Hollywood Reporter) foi divulgada no MIPCOM, evento anual voltado para o mercado e as produções televisivas, que ocorre em Cannes, França. O projeto é uma parceria entre a produtora mexicana THR3 Media Group com o Grupo Chespirito, criado pelo filho do “eterno Chaves”, Roberto Gómez Fernández.

Pelo projeto, a vida de Bolaños será retratada em uma série biográfica, o que servirá como pontapé inicial para outras criações. Projetos dos mais variados gêneros deverão se seguir, incluindo séries e filmes animados, refilmagens e lançamentos em quadrinhos.

O que não está claro é a extensão de quais criações de Bolaños serão englobadas nessa empreitada, mas vale lembrar que mais de 100 personagens são de sua autoria. Chaves e O Chapolin Colorado são suas sitcoms mais conhecidas, e dificilmente ficarão de fora.

“É um projeto que meu pai só imaginou em seus sonhos”, afirmou Fernández, reafirmando que o objetivo é manter a memória e o legado de seu pai vivos para as futuras gerações.

Vizinhança cresce em novas fotos do musical brasileiro de Chaves

“Quem na América Latina não cresceu assistindo aos conteúdos do Chespirito? O comprometimento em trazer o humor universal que caracterizou Don Roberto é único, e é uma verdadeira honra para a nossa companhia poder coproduzir com o Grupo Chespirito”, declarou Bruce Boren, CEO do THR3 Media Group.

Falecido em 2014, Bolaños tornou-se uma figura icônica no Brasil sobretudo devido ao enorme carinho e devoção carregadas por Chaves. A história do “menino do barril” recentemente inspirou um musical, atualmente em cartaz em São Paulo.