Venezuelana que denunciou padre por estupro está grávida

Venezuelana que denunciou padre por estupro está grávida
Foto: Divulgação

A Venezuelana de 29 anos, identificada pelas iniciais A.H.Y  que denunciou o Padre da Arquidiocese de Manaus de 60 anos de nome não divulgado, está grávida de um mês e duas semanas, o resultado do exame foi informado pelo pai da imigrante nesta quinta-feira (11). O teste de gravidez foi realizado no Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto no início desta semana, depois que a mulher desconfiou que estava grávida.

De acordo com o pai, o exame de gravidez foi feito no Hospital 28 de Agosto. Foto: Divulgação

Esta semana o padre compareceu ao 5º Distrito Integrado de Polícia (DIP), no bairro Santo Antônio, Zona Oeste de Manaus, para prestar depoimento à Polícia Civil e confessou que tinha uma relação amorosa com a mulher e que as relações aconteciam de forma consensual. A denunciante informou a polícia que tinha relações sexuais com o sacerdote desde de maio, e conforme a imigrante, o religioso alegava que ela seria curada de um câncer enquanto praticava o ato.

Segundo a delegada Déborah Barreiros, titular do 5º Distrito Integrado de Polícia (DIP) nenhuma informação a respeito foi comunicado na delegacia, mas o resultado do exames feitos no Instituto Médico Legal (IML) está sendo esperado para dar continuidade às investigações.